terça-feira, 24 de junho de 2008

Mover

Faz o mapa de sua própria psique,
desconstrói.
Totaliza em evidencia do amor,
reconstrói.
Passa tempo no conforto da loucura,
desconstrói.

Corre o mundo com a sede de saber,
Pula muro de orgulho, cai em beco de prazer.
Frisa canta sentimento e emoção,
Marca e luta com idéia e noção.

Passa tempo no conforto da loucura,
desconstrói.
Totaliza da evidencia do amor,
reconstrói.
Faz o mapa de sua própria psique,
desconstrói.

De palco em palco um assalto
ao coração da multidão.
De palco em palco uma resposta nova
a antiga desbotada indagação.

Totaliza de evidencia do amor,
reconstrói.
Faz o mapa de sua própria psique,
desconstrói.
Passa tempo no conforto da loucura,
desconstrói.

Vive como um poeta,
percepção sem razão.
Alimenta como uma flor,
luz, água e calor.

Passa tempo no conforto da loucura,
desconstrói.
Faz o mapa de sua própria psique,
desconstrói.
Totaliza com evidência do amor,
reconstrói.


Kayo Ribas.

Um comentário:

tati disse...

transformação :)